Clínica Dom Guanella

A Enxaqueca e a Aura

Nós chamamos de Aura os sintomas associados à Crise de Enxaqueca.

Em geral a Aura aparece logo antes da crise, mas em certos casos pode acompanhar a dor de cabeça ou mesmo sucedê-la.

Acomete cerca de 20% dos portadores de enxaqueca, e é mais comum nas mulheres.

Os sintomas mais comuns são visuais (pontos brilhantes no campo visual ou perda de parte ou toda a visão) e sensitivos (sensação de adormecimento ou formigamento em um lado do corpo).

Mas podem ocorrer sintomas motores (fraqueza ou perda total da força de um lado do corpo).

Ocasionalmente, os sintomas da Aura podem ocorrer sem dor de cabeça associada, o que costuma ser preocupante para o paciente, que imagina que está tendo um AVC.

Duram em geral de 15 a 60 minutos

O mecanismo de origem da Aura, ainda não é bem compreendido. Postula-se que seria devido a alteração do fluxo sanguíneo cerebral regional

Nos últimos 20 anos, vários estudos têm demonstrado um risco aumentado de AVC (Derrame) no paciente enxaquecoso que apresenta Aura.

A imagem anexa, mostra uma reprodução do quadro La nuit étoilée (A noite estrelada). Foi pintado em 1889 pelo gênio da pintura, Vicent Van Gogh.

Van Gogh tinha forte enxaqueca, com frequentes auras visuais, que ele tentou reproduzir neste quadro.

 

Dr. Sandro de Medeiros – Neurocirurgião

CRM 43.938

Deixe um comentário

× Agendar Consulta por WhatsApp